Tipos de divisórias para espaços corporativos

Tipos de divisórias para espaços corporativos

Dentro de um ambiente de trabalho as divisórias são uma das partes que mais auxiliam no layout do espaço, podendo melhorar a qualidade do trabalho permitindo privacidade ou senso de cooperativismo, além de dispor os espaços.
Outro fator importante na utilização das divisórias moduladas são as características e as impressões que elas passam, material e, logicamente, o custo.
Acertar na hora de escolher as melhores divisórias é certeza de economia e de que o trabalho fluirá melhor.

Divisórias moduladas para a criação do espaço corporativo

Há uma quantidade variável de divisórias moduladas e materiais, nos quais cada um oferta vantagens diferentes.
Há dois tipos de divisórias moduladas: Piso-teto e a Meia altura.

Piso-teto: é utilizada como o substituto da parede de alvenaria, pois sai por preço muito abaixo. O piso-teto tem como função tornar os ambientes mais reservados, sendo perfeito para a atividades que exigem concentração e sala de reuniões.

Podem oferecer isolamento térmico e acústico.

Meia altura: para quem busca o open space as divisórias moduladas de meia altura são excelentes, pois possibilita a integração entre os funcionários sem deixar de lado a privacidade. Outro fator favorável desse tipo de divisória é o aproveitamento da iluminação e do arejamento.
As outras especificações ficam por conta do material usado para essas divisórias moduladas.

Materiais das divisórias

Os materiais que apresentam um maior retorno de custo-benefício são: Drywall, MDF, Vidro, PVC e Ecofibra.

Drywall: é constituído por placas de gesso que permite uma fácil instalação, limpeza e manutenção. Pode ser facilmente mudado de lugar em caso de reformas.

É resistente ao fogo, difícil de trincar, possuem um custo baixo, a para quem quer opta por uma divisória piso-teto com um bom isolamento acústico e térmico é uma boa opção.

MDF: com a MDF é possível deixar o seu escritório mais sofisticado e transmitir uma ideia de comodidade.

São mais baratas que a utilização de madeiras maciças, além de serem resistentes a mudanças bruscas de temperatura e a umidade. Possuem fácil manutenção e de rápida instalação.
Pode ser utilizada em dois tipos de divisórias moduladas.

Vidro: o vidro pode não ser a opção mais barata, porém possui uma grande quantidade de vantagens. Pode ser utilizada tanto em ambientes pequenos como grandes.

Por possibilitar uma melhor visibilidade ela pode ser adequada para espaços menores, aproveitando também a luminosidade dos demais ambientes. Tem um excelente isolamento térmico e sonoro.
Tem uma durabilidade superior aos demais materiais e podem ser adequados aos mais variados projetos, além de reforçar a noção de transparência.

Pode ser usado como vidro fosco, ou com uma mesclagem com MDF.

PVC: o PVC é uma ótima solução para quem quer economizar, pois é barato, possui uma instalação rápida e prática, além de não necessitar de manutenção e ter uma limpeza simples.

Pode ser facilmente modificado para agregar as características da sua empresa, além de poder ser mudado de lugar.

Ecofibra: Esse material apresenta uma ótima durabilidade e desempenha um ótimo papel sustentável, pois são feitas a partir da fibra de materiais recicláveis como as garrafas pets.
São econômicos, ecologicamente corretos, resistentes e apresentam um ótimo desempenho.

Divisórias Moduladas

As divisórias moduladas são uma forma de aproveitar o espaço de cada ambiente, valorizando o layout e a imagem da empresa. Assim cria um espaço que melhora a ação das funções executadas ofertando o que cada área necessita.

Além de privacidade, transparência, espírito colaborativo, um bom arejamento e melhor distribuição de luz ambiente.

Quer aproveitar melhor o espaço da sua empresa? Então utilize as divisórias moduladas, assim terá maior poder de escolha, na qualidade e na questão orçamentária no quesito da construção do seu escritório.

Deixe um comentário